Viva Las Vegas - As melhores músicas sobre jogos de casino

Compartilhe:

No Brasil, o casino teve sua era dourada durante as décadas de 20 e 40. Desde então, os jogos de azar são proibidos em todos os estados brasileiros. Faz por isso sentido que a influência do mundo do jogo não se sinta tanto na cultura brasileira como na cultura norte-americana. Mas quer você goste de apostas arriscadas ou não, é preciso admitir que jogos como o poker, a roleta, ou o blackjack podem ser usados como óptimas metáforas para a vida, para transmitir uma mensagem maior. Afinal, amar, ambicionar, e pura e simplesmente estar vivo é um pouco como jogar a um jogo de dados: existem regras que podem ou não ser cumpridas, altos e baixos, e uma predominância da sorte e do destino que se sente a cada instante.

 

Viva Las Vegas: de Elvis Presley a Lady Gaga

Se você for fã de jogos online, você pode sempre jogar a roleta online no casino 888. Mas se você quiser entender aquilo que realmente significa viver segundo o aval do mundo da sorte e do azar, você só tem que escutar a música House of the Rising Sun. Esse clássico norte-americano fala acerca do lado mau da vida do jogador, que acaba muitas vezes por ser lançado na miséria e se tornar numa pessoa fria e calculista. Até hoje, continua existindo incerteza no que diz respeito ao autor desse tema, mas quase todos concordam que a canção foi difundida pela tradição oral norte-americana, em particular durante a década de 30. Só quando foi mais tarde revisitada por bandas da década de 60 como os The Animals é que House of the Rising Sun chegou a ouvintes fora dos Estados Unidos. Desde então, essa canção se tornou numa das músicas com mais covers de sempre, tendo sido lançada por lendas como Bob Dylan.

Outro clássico que retrata o mundo dos jogos de casino e o usa como metáfora para a vida é a bem mais celebratória Viva Las Vegas. Ao contrário da triste e depressiva House of the Rising Sun, esse tema popularizado por Elvis Presley fala acerca do lado bom do casino. A excitação, o glamour, a vitória, e a exaltação da grande cidade de jogo de Las Vegas são os tópicos centrais desse clássico do “Rei”.

Ao mesmo tempo que Elvis exaltava os valores da grande capital mundial do jogo, o artista de soul e R&B Ray Charles falava dos jogos mais tradicionais dos Estados Unidos em temas como Blackjack, The Cincinnati Kid e The Losing Hand. A maior parte dessas canções foi gravada durante a fase “country” de Charles, o que faz todo o sentido. Uma parte fundamental da cultura popular norte-americana, as canções country se relacionam de forma muito próxima com os valores da “terra da liberdade”. O jogo de sorte e azar é visto como um arquétipo estado-unidense porque representa noções como a vontade de vencer, o amor pelo risco, e a procura incessante pelo sonho de fazer uma fortuna de forma fácil.

 

O jogo como metáfora

Ainda que o casino seja usado de forma literal em muitas canções, sua grande contribuição para a cultura musical é seu valor simbólico. Como explicámos em nossa introdução, existem muitos temas da vida que podem ser explorados segundo a lente dos jogos de sorte e azar. Como você pode ler em nossos pensamentos, “viver é (…) ficar se equilibrando (…) entre escolhas e consequências” (Jean-Paul Sartre).

Um dos mais belos temas que pega nos jogos de sorte para difundir uma mensagem bonita acerca da vida é Shape of My Heart, o clássico do cantor Sting que se tornou muito popular durante a década de 90. Nessa canção, Sting canta sobre um arranjo deslumbrante palavras que parecem se focar na filosofia que existe por detrás do caos, no pensamento subjacente a cada golpe de sorte e azar com que somos confrontados.

Mas o mais recorrente exemplo de metáfora de jogo na música está normalmente relacionado com o amor e as relações interpessoais. A banda de pop ABBA usou o conceito de casino “vencedor leva tudo” para escrever a canção The Winner Takes It All, que explorava a temática do divórcio. Já Lady Gaga usou o termo “poker-face” para exaltar sua capacidade para não deixar se controlar por suas emoções e ser mais forte no momento de amar; esse tema é, pois claro, o contagiante Poker Face, que foi um dos primeiros grandes hits da cantora.

O jogo também tem uma presença forte no mundo do rock & roll, onde o casino é usado como metáfora para uma vida inconsequente e vivida no limite. O exemplo perfeito será Ace of Spades, o hino de “sex, drugs & rock & roll” que continua sendo um dos temas mais populares do catálogo dos Motorhead. Outros exemplos incluem The Gambler, de Kenny Rodgers, Desperado, dos The Eagles, ou Three Card Trick dos The Clash.

 

Conteúdo de marca

Relacionados

info
As celebridades que enfrentaram mais dificuldades para lidar com a fama
info
Spotify: Um inesperado promotor da saúde mental
info
Como escolher o curso de inglês on-line certo para suas necessidades

AO VIVO - GAZETA FM - 88.1 A Primeira

Já, já você vai ouvir

Pedir Música